As propostas do segundo semestre do ciclo diocesano de estudos Bíblia e Teologia Cristã vão ao coração da fé cristã, para questionar a possibilidade da fé e o seu papel, e para focar o olhar no cerne dessa fé que, no jeito cristão de acreditar, desvela um Deus, mistério de relação.

As aulas começam no dia 16, quinta-feira. André Pereira orientará a disciplina Deus, mistério de relação, semanalmente entre as 19h15 e as 20h45. Pedro Valinho Gomes estará a orientar, entre as 21h00 e as 22h30, a disciplina Uma fé credível: fundamentos do acreditar.

Deus, mistério de relação
André Pereira será o docente a conduzir os alunos por esse mistério de que podemos falar. Na sua proposta, seremos convidados a assumir o repto de Bento XVI: «reconhecer que o conhecimento dos conteúdos da fé é essencial para se dar o próprio assentimento, isto é, para aderir plenamente, com a inteligência e a vontade, a quanto é proposto pela Igreja. O conhecimento da fé introduz na totalidade do mistério salvífico revelado por Deus. Por isso, o assentimento prestado implica que, quando se acredita, se aceita livremente todo o mistério da fé, porque o garante da sua verdade é o próprio Deus, que se revela e permite conhecer o seu mistério de amor» (Bento XVI, A Porta da Fé, nº 10).

Uma fé credível: fundamentos do acreditar
Acreditar. O que significa acreditar? Que imagens de crentes nos propõe a tradição bíblica que nos ajudem a aprofundar o mistério da fé? A proposta de Pedro Valinho Gomes para este curso que versa sobre os fundamentos da teologia, levarão a reflexão a procurar as perguntas que importam à fé e que a tornam credível, não por serem solução matemática para a equação da vida, mas porque são caminho para Aquele que a torna credível.

Bíblia e Teologia Cristã

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>